21 de outubro de 2015

1º CONGRESSO ESTADUAL DE GUARDAS MUNICIPAIS NA CIDADE DE LINHARES NO ESTADO DO ESPIRITO SANTO, DEU EXEMPLO DE ORGANIZAÇÃO, CONTEÚDO E ESTADISMO.



Estivemos presentes no 1º Congresso de Guardas do Estado do Espirito Santo,
representados pelo Presidente José Luis da Silva Alves que é Subinspetor da Guarda Municipal do Rio de Janeiro e membro atuante da Academia de Ensino da GM Rio.

O olhar do Presidente que também palestrou sobre o tema "Guardas Municipais, Gestores ou Comandantes"  foi atento para perceber que há no Espirito Santo de uma forma geral, uma movimentação muito positiva que clama por desenvolvimento para as Guardas Municipais. Por lá muitas conquistas vem acontecendo, mas uma parceria genuína de doutrina GM, trará mais desenvolvimento. As boas práticas sendo adequadas as realidades de cada Guarda surtirão um efeito extremamente positivo.

A palestra proferida pelo Presidente Subinspetor Alves,
permeou sobre informações importantes, que agregaram valor a apresentação, que tinha como objetivo geral, estimular o debate sobre o tema, que hoje é pouco discutido
em um momento de tanta importância que é  a aproximação da data em que a direção das Guardas vão passar para as mãos dos guardas de carreira. 


A Associação dos Subinspetores

é a força da classe, na Guarda do Rio. Os Subinspetores eram servidores que a três degraus do topo da carreira GM, eram tratados como apenas mais um executor, mas graças as diversas intervenções feitas pela entidade, e a visão das gestões passadas e a atual a frente da GM Rio, hoje a classe de Subinspetores ganhou mais notoriedade e vem apoiando a gestão da GM Rio na área tática como também no campo estratégico. Apoiamos a participação do Presidente da entidade no evento de Espirito Santo como também estamos juntos para fortalecer esta parceria entre o estado do Rio de Janeiro e Espirito Santo.
O Vice Presidente do Conselho Nacional das Guardas, Samuel
da Guarda de Vila Velha e o 







Presidente da Associação dos Guardas Municipais do Norte e Noroeste do Espirito Santo,
GM Fernando, foram muito elogiados pelo Presidente Subinspetor Alves, devido a forma impecável que conduziram o evento a frente das mesas de debate e no acolhimento das demandas e anseios dos guardas, visando serem levadas ao congresso nacional das guardas em Belém. 

Estamos viabilizando a possibilidade de uma nova visita de cunho técnico ao Estado do Espirito Santo, com vistas a uma analise visando saber o que se quer e o que se pode fazer, com a força da parceria e a objetividade do assessoramento.

"É tempo do conhecimento"


Matéria:  Renan Abir Desal