20 de fevereiro de 2015

NOSSO FOCO AGORA É OUTRO

José Luis da Silva Alves:
É Subinspetor da GM Rio
Foi Vice Presidente do (CNGM);
É Presidente da (ASSUGMERJ);
É pós Graduando em Processo decisório em políticas públicas e Especialização em administração Pública;
Atualmente ocupa o cargo de Subdiretor de Ensino da Academia de Ensino da GM Rio;
E foi membro atuante na conquista da regulamentação das Guardas Municipais.



Ainda me lembro como se fosse hoje, as diversas reuniões, eventos, debates acalorados, congressos e mobilizações que participei junto com tantos companheiros e companheiras, visando conquistar uma legislação que regulamentasse a nossa profissão de Guarda Municipal.

Muitos amigos que conquistei no estado do RJ e pelo Brasil afora, foram em torno deste debate e desta procura por uma Lei específica que regulamentasse a profissão Guarda Municipal neste País.

Foram anos de trabalho, sacrifício, incompreensão, descaso, e até ingratidão. Cada um de nós que foi lá lutou e deu tudo de si como pode, ajudou sobremaneira a construir e pavimentar um caminho que se transformasse em uma ponte segura para o conquista dos objetivos de toda uma categoria de profissionais composta por Homens e Mulheres que estavam cansados e cansadas de não verem seus futuros profissionais serem tratados com no minimo, o respeito necessário.

Pois é, depois de longos anos, depois de um verdadeiro eclípse jurídico, vimos juntos independente de quem estava a mais tempo ou a menos tempo nesta luta, vimos o dia da nossa vitória acontecer.

Nossa regulamentação hoje é uma realidade, mas infelizmente sua execução ainda não acontece de forma homogenia. a demora de nossos antigos dominadores de digerir a nova realidade do ambiente Institucional das Guardas Municipais, deve ser entendida por nós como um movimento antagônico porem sem resultado eficaz.

Não há mais espaço para discutir sobre, poder de polícia das Guardas, sobre porte de arma das Guardas, sobre a atuação das Guardas. Hoje é fundamental focarmos nossos esforços na execução da Lei com equidade, sem diferenças, estimularmos a criação de equipes de transição dentro das Guardas para que as funções fossem sendo assumidas gradativamente

Como Gestores teremos uma maior amplitude de atuação, por isso é preciso que busquemos a especialização, precisamos focar nos cursos de Gestão, nos cursos de Administração Pública, precisamos entender sobre como se forma o orçamento e tantas outras questões ligadas aos cargos de Gestor.

Em um momento não tão distante seremos "CAPITÃES DE NOSSAS ALMAS E SENHORES DE NOSSOS DESTINOS"