14 de dezembro de 2014

Mais um Guarda Morre sem direito de defesa na cidade do Rio de Janeiro

Mais um Guarda Municipal faleceu em virtude de ferimentos provenientes de ataque sofrido por marginais na cidade do Rio de Janeiro. 





Na verdade a expressão correta é:

Foi assassinado!!!!!

Segundo informações, o Guarda Municipal era lotado na 10ª IGM, e sofreu o ataque em um posto de serviço. 

A grande verdade é que mais um Guarda MORRE!!! sem direito nenhum de defesa.

Como profissionais de Segurança que somos, sabemos que qualquer tipo de armamento na cintura  diminui ou dificulta  a  agressão dos marginais. 

Existem fatos e provas de sobra, para comprovar que nós Guardas estamos sendo atacados em nossos exercícios profissionais e por isso é passada a hora de sermos equipados com as armas necessárias para combater estas injustas agressões.

Em tratativas, já confirmamos logo na primeira semana de retorno das atividades da CÂMARA dos VEREADORES, uma convocação  em massa para que juntos e em uma só voz, possamos estar lutando pela aprovação em caráter emergencial da lei das armas menos letais para nós Guardas Municipais.

Não temos medo de morrer, mas se tiver que ser, nós teremos que morrer atirando.