8 de novembro de 2014

Subinspetores e o ponto final das negociações entre DOP e classe.

José Luis da Silva Alves:

Subinspetor da GM Rio;
Formado em Gestão de Segurança Empresarial;
Detentor do Curso de Gestão Superior de Comando de Guarda Municipal;
Pós Graduando em Processo Decisório em Políticas Públicas; Pós Graduando e Administração Pública;
Foi Vice Presidente do Conselho Nacional das Guardas Municipais; 
Atual Subdiretor de Ensino da GM Rio;
E Presidente da ASSUGMERJ.



Aconteceu Quinta feira dia 06/11/2014, mais uma reunião da classe de Subinspetores, 
que desta vez foi com o Subdiretor de Operações Inspetor Carlos Dias Cristo que também teve a participação do atual Gerente de Operações o Inspetor Figueiredo.

Durante 04 horas foram debatidos alguns assuntos que já estavam sendo tratados em reuniões de gabinete, por uma comissão de Subinspetores desde o dia 28/10/2014.
Mas o momento foi oportuno para também firmar alguns posicionamentos contrários a edição do decreto que trata das regras do processo de promoção na GM Rio, sobre a importância de se criar o Estatuto GM, sobre a falta do planejamento estratégico na GM Rio, sobre um replanejamento operacional nas missões do maracanã e o desgaste do material humano que vem aumentando a cada dia na instituição.

Sobre a pauta do dia com algumas propostas emergenciais, podemos dizer que avançamos o esperado. O atendimento de 95% da pauta traz neste momento uma oxigenação na classe,
traz uma melhoria para a tropa em termo de condições de trabalho nas missões
maracanã e também traz melhores alternativas para que a DOP desenvolva melhor suas estratégias operacionais.


Agora a Diretoria da Associação de Subinspetores, tem no mínimo mais três desafios pela frente, onde vai articular com entidades sindicais, com um corpo jurídico e vai viabilizar articulações políticas para vencer estes novos desafios.