4 de outubro de 2013

Estamos indo para que não aconteça de novo, como aconteceu em Novo Hamburgo

 
O Vigesimo terceiro Congresso Nacional das Guardas se aproxima, diferente de outros anos, as Guardas Municipais do Estado do Rio de Janeiro em conjunto com Guardas de outros estados, resolveram bem antes, discutir estratégias visando a conquista da presidência do Conselho Nacional das Guardas Municipais. Uma entidade com um nome forte, mas com participação no mínimo apagada, junto a tantas problematicas que orbitam em torno das Guardas Municipais em todo Brasil.
 
 
Com um Estatuto técnicamente falho, que proporciona uma mudança continua de presidentes da entidade dentro do proprio mandato de 2 anos, prorrogaveis por mais 2 anos, com a ausência de sustentabilidade financeira, que mostra uma total falta de habilidade em criar mecanismos de filiaçaões e captação de recurssos, e com a inoperãncia na confecção do Marco Regulatório, demanda vinda do SENASP,  segue de forma dolente o Conselho Nacional das Guardas Municipais.
 
A proposta da chapa encabeçada por Comandante Cabral da GM de Paraiba do Sul, é realizar mudanças estatutárias no estatuto do Conselho Nacional das Guardas, é implementar uma dinâmica mais participativa, fazendo uma descentralização e delegando aos Presidentes Estaduais poderes para interagir com as Guardas de sua região, é junto com suas diretorias buscar a capitalização da entidade,para que ela possa ter mobilidade e independência, é junto a SENASP, contribuir com pesquisas, propostas e ações que elevem de forma plural e positiva os trabalhos realizados tanto pela SENASP quanto pelas Guardas Municipais, dentro da sociedade Brasileira. 
A Guarda Municipal do Rio de Janeiro, apoia a Chapa Liderada por Comandante Cabral da Guarda de Paraiba do Sul, por entender que seus projetos em conjunto com as tantas outras Guardas que estão apoiando, trarão uma nova personalidade ao Conselho, e nós da Guarda Municipal do Rio de Janeiro estamos prontos como sempre estivemos, para contribuir com a propagação de nossas técnicas, nossos projetos e várias ações bem sucedidas. Apoiar Comandante Cabral para nós é uma questão de valorização das outras regiões Brasileiras e o Interior que vem contribuindo de forma preponderante mas não reconhecida no cenário da segurança pública municipal do País.