7 de janeiro de 2012

Saiba como organizar as finanças em 2012


Consumidores com dívidas do ano passado devem fazer um empréstimo consignado, segundo especialista.

Após as festas de fim de ano, onde a maioria comprou presentes e gastou com a estadia em viagens, é hora de se preocupar com as dívidas de 2012. O ano já iniciou e um planejamento das finanças pessoas deve começar também.

Segundo o economista e presidente do Conselho Regional de Economia de Minas Gerais Wilson Benício, para organizar os gastos deve-se sempre fazer um orçamento financeiro com os dados de quanto recebe e quanto gasta. “ Se sobrar dinheiro, poupe. Se faltar, reduza”, afirma.

O economista também aconselha a não usar cheque especial nem cartão de crédito, pois, segundo Wilson, o juros é um absurdo. Caso esteja com dívidas do ano passado, o especialista diz que a melhor opção é fazer um empréstimo consignado, já que nesse caso, o juros é menor.

Wilson explica, que no caso de o devedor aplicar o dinheiro, se for uma quantidade pequena deve fazê-la na caderneta da poupança, mas caso o valor seja acima de R$1 mil, o economista indica o fundo de garantia.

Poupança e Previdência Privada

Para abrir uma poupança, o economista diz que a primeira coisa que deve ser analisada são os gastos, pois não depende do salário, e sim da quantia que será aplicada.

Wilson aconselha o devedor a abrir uma previdência, pois segundo ele, somente os funcionários públicos têm um valor bom de aposentadoria. “ Desde o primeiro emprego as pessoas já devem aplicar o dinheiro. Quanto antes, melhor”, indica.

No caso de financiamento, o especialista alerta que primeiramente deve libertar-se dívidas. “ Primeiro resolver as pendências para depois financiar um imóvel, carro e afins”, finaliza.

GM-Rio atua com 110 guardas em ensaio técnico de Carnaval neste domingo


A Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-Rio) vai atuar com 110 guardas (sendo 21 de trânsito) no ensaio técnico das escolas de samba que acontece neste domingo, dia 8, a partir das 19h, no Sambódromo.

As ações de controle urbano, fiscalização de posturas municipais, ordenamento do trânsito, interdições e atendimento ao público em geral começam a partir das 16h.

Com certeza este ano não teremos situações parecidas com a do ano passado, com relação a logistica. O serviço não pode se transformar em um fardo pesado ou um teste de resistência física ou psicológica. É necessário haver água em proporçoes de consumo, alimentação, transporte e horários destinados para um breve repouso.

Entrevista no Globo comunidade