24 de setembro de 2011

Guardas Municipais optaram por salvar vidas em dia de reivindicações.

Não seguindo as greves tradicionais, os Guardas Municipais do Rio de Janeiro não ficaram em casa e nem fizeram piquetes nas portas de suas unidades. Foram para o Hemorio, doar sangue e contribuir para o salvamento de vidas.
A sociedade carioca começa a aplaudir a atuação dos Guardas do Rio.